Crescimento de notificações de casos de dengue em Feira de Santana é tema de reunião no Ministério Público

Na manhã desta segunda (11), o deputado federal Zé Neto (PT-BA) participou de uma importante reunião, no Ministério Público (MP-BA), em Feira, com o promotor Dr. Audo Rodrigues e representantes da Secretaria de Saúde do Município, da Secretaria de Saúde do Estado, da Vigilância Sanitária e Epidemiológica do Município e do Estado e de algumas unidades hospitalares estaduais situadas em Feira, bem como da Educação do Estado, para discutir sobre o grande crescimento de notificações dos casos de dengue na cidade. A reunião foi convocada pelo promotor Audo Rodrigues.
A situação em Feira, que já corresponde a quase 40% dos casos notificados na Bahia, é tão difícil que no ano passado foram notificados 1.145 casos de pessoas com suspeita de dengue. Só nos dois primeiros meses desse ano (Janeiro e Fevereiro), considerando que existem casos que não foram registrados, por diversas situações, Feira já tem 2.200 notificações. Um número muito maior do que o do ano passado, que corresponde a um aumento de mais de 4 mil por cento (4.000%). 
De acordo com o deputado Zé Neto, neste momento o mais importante é enfrentar a situação, e não apontar quem são os culpados. “Não é hora de estarmos apontando quem foram os culpados e o porquê chegamos até aqui. O momento é para entendermos que estamos em uma situação difícil e todos têm que se reunir em torno dela, para que possamos enfrentá-la com determinação e eficiência. Já são quatro notificações de morte por suspeita de dengue em Feira, três já confirmadas e uma ainda em estudo, e o que temos é uma situação urgente, que devemos avançar em um processo de integração de ações entre Município, Estado e todos os outros atores envolvidos, inclusive, o MP”, disse. 
Zé Neto ainda completou afirmando que fará as interlocuções necessárias junto ao Governo do Estado, para auxiliar, o mais rapidamente, no controle dessa situação. “De nossa parte, contribuiremos, no que estiver ao nosso alcance, nas interlocuções com os aparatos do Estado, da Saúde, bem como da Educação e da Força Policial, para que possamos ampliar as ações preventivas, de assistência e de esclarecimento da população sobre esse aumento grave dos casos de dengue”. 
Ficou acertado que serão agendadas reuniões para discussão das entidades presentes, com o objetivo de intensificar a prevenção, assistência e o controle vetorial no município, bem como será realizado um comunicado ao MP, a ser elaborado pela coordenação dos agentes de endemias, dos imóveis fechados onde não se obteve êxito nas ações de combate à dengue, em Feira. 
Participaram da reunião, além do já citado promotor Dr. Audo Rodrigues e do Mandato do deputado federal Zé Neto (PT-BA), a Secretária de Saúde do Município (SMS), Denise Mascarenhas; o diretor do Núcleo Regional de Saúde (NRS) Centro Leste, Edir Gomes; Gabriel Muricy, coordenador das Arboviroses da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep)/Secretaria de Saúde do Estado (Sesab); Maurício, da DIVEP/Sesab; Edilson Matos, coordenador de endemias de Feira; Maricélia, enfermeira sanitarista da Vigilância Epidemiológica da SMS; Francisca, da Vigilância Sanitária de Feira; Dr. José Carlos Pitangueira, diretor do Hospital Clériston Andrade; Dr. Zé Luís, diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Clériston Andrade; Dr. Bruno, diretor do Hospital Estadual da Criança (HEC); Ana Paula, gerente de enfermagem da UPA do Clériston; Emmanuele, enfermeira do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da UPA do Clériston; e o professor Ivamberg Lima, diretor do Núcleo Regional de Educação (NRE-19).

Compartilhe

Comente

Fale com a gente!

Conheça os canais do comunicação

Sugestão de Pauta

Envie sua sugestão para nossa assessoria

Gabinete Salvador
1ª Avenida, nº 130 - C.A.B. Prédio Nelson David Ribeiro Gabinete 207 - CEP 41745-001 - Tel: (71) 3115.7133

Gabinete Feira de Santana
Rua Domingos Barbosa de Araujo, nº 333 - Kalilândia CEP 44001-208 Tel: (75) 3223-2728