Notícias

Publicada em 02 de Setembro de 2008 ás 15:51

Governo comemora um ano de Água para Todos no Centro de Convenções

Governador Jaques Wagner comemora

O aniversário de um ano do Programa Água para Todos na Bahia foi comemorado nesta terça-feira (2) numa festa com direito a bolo e parabéns. A solenidade festiva, realizada no Centro de Convenções, teve início com a apresentação do grupo Pavão Dourado, do município de Serrinha, que entoou para os 1.200 convidados cantigas de roda típicas do semi-árido. O clima alegre se manteve quando foram divulgados os números do programa – 1 milhão de baianos beneficiados em 336 cidades do estado neste primeiro ano de atividades. Até o momento, R$ 225 milhões já foram investidos, do total de R$ 2,1 bilhões previstos até 2010.

A meta é alcançar a marca de 3,5 milhões de baianos contemplados pelo Água para Todos nos próximos dois anos. Na solenidade, o governador Jaques Wagner fez um balanço positivo do programa. “Levar água é levar vida às pessoas. Nosso trabalho vai continuar, sempre no sentido de oferecer água em quantidade e qualidade”. Ele lembrou ainda dos problemas de saúde que podem acometer alguém que ingere água salobra – muitas vezes a única opção para quem mora em determinados locais.

Moradores de áreas rurais beneficiadas pela iniciativa, que agora têm acesso à água tratada, também estavam presentes e festejaram os bons resultados obtidos até então. Em um ano de programa, foram entregues mais de 15 mil cisternas, 563 poços, 12 barragens, 253 construções de sistemas de abastecimento de água, 13 sistemas de esgotamento sanitário, mais de 10 mil melhorias sanitárias domiciliares, mais de 66 mil ligações de esgoto e 60 sistemas de saneamento integrado. Todas essas obras melhoraram a vida de pessoas que andavam quilômetros para encher um balde d’água.

Entre elas, está a professora Maria Senhora dos Santos, moradora do povoado de Curirici, em Euclides da Cunha. Lá, está sendo construído um poço de 184 metros de profundidade, que vai abastecer a região. “O poço que havia aqui quebrou e ficamos sem água há seis anos. Tínhamos que buscar na cidade de Laje, com um carro-pipa”, conta ela. José Nilo Cavalcante, 45 anos, produtor rural de Baixa do Quixaba, localidade do município de Tucano também festeja a chegada da água. “Passamos 25 anos com sede, dependendo da água de um poço que fica em Pé de Serra, a 4,5 quilômetros de distância”.

É também com alegria que a agente comunitária Girlene Santos do Nascimento, mãe de três filhos e moradora do distrito de Macambira, em Jaguarari, aguarda a construção da adutora que vai levar água encanada até sua torneira. “Durante toda a vida, tivemos que andar muito para apanhar água no poço e trazer a lata na cabeça. Felizmente, isso vai mudar e teremos água para beber, lavar, cozinhar e tomar banho”.

Homenagens

O evento homenageou ainda os municípios de Irecê, Paramirim, Ouriçangas e Presidente Dutra, que alcançaram a universalização do acesso à água através do programa. As homenagens se estenderam a moradores de localidades contempladas, como Cirilo Manoel Sales, morador da Ilha de Bom Jesus dos Passos. Sua família foi a milionésima beneficiada com ligações domiciliares do Água para Todos, o que lhe rendeu uma placa comemorativa, entregue pelo governador. Moradores de povoados como Angico, em Santa Brígida, e de Barro Novo, em Irecê, também receberam placas.

O objetivo do Programa Água para Todos é aumentar o fornecimento de água de 30,8% para 51,8% na zona rural e de 94,7% para 98% na zona urbana. Para que isso seja possível, o governador Jaques Wagner também assinou, durante o evento, diversas ordens de serviço para obras que vão dar continuidade à execução do programa no estado, como a construção do sistema de abastecimento de água nos municípios de Catolândia e Baianópolis, orçada em R$ 2 milhões. Em seguida, houve a exibição de um vídeo institucional com os resultados do programa até o momento.

O presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), José Machado, afirmou que, ao levar água a um milhão de pessoas, a Bahia celebra o cumprimento de uma meta extraordinária. “É uma sinalização que o governo dá não só ao estado, mas a todo o Brasil, de que o desenvolvimento deve ser calcado em necessidades sociais, como água e educação”, falou. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Afonso Florence, tem opinião semelhante. “O aniversário de um ano coroa o êxito de um programa de grande alcance social que dá a atenção merecida ao semi-árido, o que não se via há décadas”.

Fonte: www.comunicacao.ba.gov.br



Assessoria de Imprensa

 

Leia Também

13/11/2017
13/11/2017
13/11/2017
12/11/2017
12/11/2017
12/11/2017
11/11/2017
11/11/2017
11/11/2017
10/11/2017

 

Fale com a gente

Digite o que está na imagem.

Gabinete Salvador
1a Avenida, nº 130 - C.A.B. Prédio Nelson David Ribeiro
Gabinete 207 - CEP 41745-001 - Tel: (71) 3115.7133

Gabinete Feira de Santana
Rua Domingos Barbosa de Araujo, nº 333 - Kalilândia CEP 44001-208
Tel: (75) 3223-2728